15.12.14

Cirurgia - O quê aconteceu?

| |
    Olá, tudo bem? Hoje vim falar sobre o aviso que eu tinha deixado no instagram do blog (@blognajlaayanne) há um mês atrás, falando que ia ter posts programado para alguns dias e no instagram pessoal (@najlaayanne) uma semana depois do ocorrido eu postei uma foto agradecendo...

    Vou dividir o post em dois, pois vou falar do qur acontrcru comigo e um pouco sobre a doença.



O que realmente aconteceu

    Enfim, eu tenho uma doença chamada ceratocone e já estava muito avançadoa, precisava fazer um transplante de córnea.

    Quando eu comecei o tratamento fiz três tentativas, utilizei óculos - não deu certo, uma lente rígida - não consegui me adaptar com ela, pois doia muito, depois fiz uma cirurgia colocando o anel de ferrara para estabilizar a doença e depois de um tempo minha córnea continuou na mesma e tive que ser encaminhada para o transplante, fiquei 3 a 4 meses na fila ded espera e um dia depois do meu aniversário (15) recebi uma ligação do hospital falando pra eu ir no dia seguinte (16) e ficar internada pra segunda (17) eu fazer a cirurgia, na terça (18) eu já estava com autorização pra vir pra casa. Depois de um mês, minha visão está meio "estranha" ainda, mas a adaptação com a córnea nova leva de 6 meses a um ano...  Resumão em (rs).

Ceratocone

    O ceratocone é uma doença da córnea de etiologia discutida, hereditária, que acomete o adolescente ou adulto jovem e se caracteriza por um afinamento e deformação progressiva desta membrana, levando ao aparecimento de miopia e elevado grau de astigmatismo irregular e acentuada baixa da acuidade visual.

    Os sintomas apresentados pelo paciente no início da doença são desconforto visual, dor de cabeça, fotofobia, baixa da acuidade visual e troca freqüente das lentes dos óculos. Nas fases mais adiantadas a correção visual com óculos já não resolve e as lentes de contato passam a ser a opção para correção da visão. Entretanto a tolerância ás lentes é baixa e a adaptação às mesmas é difícil e às vezes, impossível.

    O ceratocone tem associação freqüente com alergia e o prurido ocular pode ser o gatilho que desencadeia a doença.
té há poucos anos o tratamento do ceratocone consistia na prescrição de óculos ou lentes de contato e quando estes métodos não mais surtiam efeito, o transplante de córnea era a única solução possível.


Anel de Ferrara 

    O Anel de Ferrara (Anel, implante, AF) é um dispositivo médico implantável no estroma corneano, para a regularização da deformação na córnea - causada por patologias do tecido - e para a correção ou diminuição de erros refracionais associados. AF é feito de polimetilmetacrilato, um material comprovadamente inerte e biocompatível que é utilizado há décadas na fabricação de implantes intra-oculares.

    O tipo de tratamento mais adequado ao ceratocone vai depender do grau de evolução da doença e do diagnóstico do oftalmologista.
    Porém, este procedimento cirúrgico, aprovado pelo FDA (Food and Drugs Administration) é o implante de um disco de acrílico entre as camadas da córnea com a finalidade de aplaná-la e trazê-la à sua forma natural. Diferente dos transplantes, os esses anéis proporcionam correção imediata da baixa visual do paciente com ceratocone.

Próximo post vou falar sobre o transplante e o pós-operatório. Um beijo!

3 comentários:

  1. Desejo uma abençoada recuperação, tenho também um pequeno problema na visão chamado glaucoma e por causa dela perdi metade da minha visão do olho direito, mesmo com a cirurgia não volta, sei como é complicado uma cirurgia ocular e o quanto requer cuidados.

    Beijos
    www.mariaulhoa.com

    ResponderExcluir
  2. Melhoras!
    Espero que vc se adapte rápido e fique bem
    Beijos
    www.blogweneedit.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Najla, você me contou mesmo que tinha feito, que bom que deu certo, logo você vai se adaptar!
    Um beijão
    www.vireiprincesa.com

    ResponderExcluir

© Najla Ayanne - 2016. Todos os direitos reservados.
Layout criado por: Julia Villela.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo